Escritor de The Last of Us revela estar escrevendo uma nova história que pode não ser uma sequência



Em uma entrevista para a estação de rádio 89.3 na Carolina do Sul nos EUA, Neil Druckmann, diretor criativo e escritor de The Last of Us e Uncharted 4 participou do The Frame e falou um pouco dos bastidores das produções em que trabalhou e o que anda fazendo.

No bate-papo ele contou sobre como foi a criação dos jogos mais recentes da Naughty Dog e disse que há 2 anos começou a escrever o roteiro do filme de The Last of Us e que a aventura de Nate para as telonas está em produção há 9 anos. Até aí nenhuma novidade.

O dog também falou sobre prêmios que The Last of Us recebeu, detalhes técnicos, diversidade e o quanto aprendeu com essas narrativas, o que contribuiu para a nova história que está escrevendo, onde se põe no lugar dos personagens, de como seria poder voltar no tempo e mudar um acontecimento, que cresceu num lar não muito religioso, mas que havia espaço para a religião e para o conceito de que tudo acontece por uma razão.  Mesmo quando acontecem coisas horríveis, na nossa família ou aos nossos amigos. Sem dizer se ela trata-se de um livro ou um game.

Ouvia essa explicação de que tudo acontece por uma razão. A simples luta com esse conceito. Será verdade? Ou é aleatório? Nunca encontrei uma resposta. 

Eu penso em mim ou em outros seres humanos, quais são os acontecimentos que nos moldaram? Quais são o tipo das escolhas que definiram quem somos e nos levaram a este lugar? 

A julgar pelo tempo que ele não deve ter para projetos pessoais, por trabalhar na desenvolvedora, existem algumas hipóteses que podemos levantar:

- Pode ser que a DLC de Uncharted 4 para o modo história, nos dê a liberdade de decidir, como será o seu desenrolar e desfecho, similar ao que vemos nos jogos da Telltale Games ou em Until Dawn, ou não. Pode ser que ele tenha se referido ao que já fizeram na franquia de Drake ou fizeram em Left Behind só que com decisões. Entenda aqui.

- Seguindo o mesmo pensamento da expansão para o 4º jogo do ladrão de tesouros e depois do poster encontrado no epílogo do game, algo envolvendo Anna, o passado de Ellie, Joel e demais personagens seria o que todos gostaríamos de ver.

- Agora, sem descartar a possibilidade de uma nova IP, envolvendo um tipo de tecnologia efeito borboleta com uma narrativa padrão dogs de qualidade, como o que é visto em Quantum Break da Remedy no Xbox One, um novo game seria uma decepção para muitos, que mesmo sendo a Naughty G.O.T.Y (ou GOD) os fãs de The Last of Us não aceitariam isso tão fácil.

Seria dessa vez que o mundo acaba? ou mais um capítulo da triste história de quem espera ansiosamente por uma sequência de The Last of Us?

Mas fique tranquilo que tudo isso pode ser um sonho.

Links:

Filme de The Last of Us pode nunca acontecer
- 'The Last of Us 2' com novos personagens ou uma mistura de passado e presente
The Last of Us American Daughters é um dos Easter Eggs presentes em Uncharted 4
The Last of Us se passa no mesmo mundo que Uncharted 3, onde se originou o Cordyceps? Entenda
Tecnologia do Blogger.